fbpx

Estilo neoclássico: para uma decoração luxuosa

estiloneoclassico

Sabia que dá para levar um ar europeu do século XVIII para dentro da sua casa de maneira fácil? Estamos falando do estilo neoclássico e de como ele pode proporcionar um clima elegante para os seus ambientes com linhas muito luxuosas.

Se você busca um estilo decorativo para o seu apartamento que seja adaptável e ofereça versatilidade, vá de neoclássico. Afinal, o equilíbrio entre um perfil mais clássico e uma atmosfera moderna é a garantia de uma decoração de destaque.

Neste artigo, saiba o que é o estilo neoclássico, quais são suas principais características e como usá-lo em seu ambiente!

Como surgiu o estilo neoclássico?

A arquitetura neoclássica surgiu na Europa durante o século XVIII como uma contraposição ao barroco e ao rococó. Esses, por sua vez, tinham linhas carregadas em inúmeros detalhes, além de muitas cores, exuberância e ouro nos objetos.

No estilo neoclássico, o que prevalece são linhas mais simples, que mesclam padrões retos, menos detalhistas, mas muito ricos e com materiais de primeira qualidade.

Outra marca registrada do estilo é a imponência — qualidade percebida tanto em construções quanto em móveis e objetos neoclássicos, que se destacam pela alta durabilidade e pelas linhas elegantes.

Não é à toa que a qualidade dos materiais empregados em construções do período neoclássico é uma das melhores da arquitetura mundial. Aliás, você pode constatar isso nas obras que sobrevivem até os dias atuais, atravessando mais de dois séculos quase intactas.

Quais são as características do estilo neoclássico?

O estilo neoclássico segue, assim como qualquer outro perfil de arquitetura e decoração, alguns padrões que o consolidaram no mundo da arte.

De maneira geral, você pode ver as mesmas características em construções desde o século XVIII até os imóveis e decorações atuais.

Veja as principais marcas do estilo neoclássico:

  • uso de três estilos arquitetônicos da antiguidade: Coríntio, Jônico e Dórico;
  • materiais nobres e de alta resistência;
  • formatos geométricos;
  • objetos de porcelana;
  • grandes proporções;
  • frontão triangular;
  • pé direito alto;
  • uso do gesso;
  • linhas retas;
  • tons claros;
  • abóbada;
  • simetria.

Como usar o estilo neoclássico no ambiente?

Para aplicar o neoclássico em seu ambiente, você pode optar, via de regra, por duas escolhas: carregar o espaço no próprio estilo ou dosá-lo com outras decorações.

Um dos diferenciais deste perfil arquitetônico é que ele combina com vários outros estilos, o que o torna um curinga na decoração.

Materiais

Madeira de lei, granito e mármore são características desse estilo. Portanto, empregar esses materiais em seu espaço trará a alma do neoclássico para dentro do ambiente. Mas lembre-se que eles devem seguir outras premissas, como tamanhos arrojados, cores claras e volume maciço.

Móveis

A mobília do estilo neoclássico é a garantia de um espaço muito bem decorado e com requinte para durar por várias gerações na casa da família.

Cristaleiras, gaveteiros, móveis de centro e de canto são feitos em madeiras nobres e envernizadas. Essas aplicações dão o brilho das peças e aumentam a durabilidade.

As linhas arredondadas garantem a corpulência do mobiliário. Sofás, poltronas e espelhos também contam com madeiras nobres.

No caso de móveis para se acomodar, como os jogos de sofás, eles são feitos com tecidos em cores sóbrias e clássicas, como vinho, verde oliva, creme e marrom. Detalhes em dourado complementam as peças, que ganham mais destaque ainda com a cor do ouro.

Cores

As cores utilizadas na arquitetura neoclássica são, em suma, as neutras, ou seja, os tons que são mais claros e que combinam com muitos outros.

Branco é a cor de sempre do estilo. Mas hoje em dia, o azul e o verde-claro já foram incorporados à decoração neoclássica como alternativas para os espaços.

Um detalhe curioso é que o preto pode ser utilizado no estilo neoclássico, já que dialoga bem com o branco e, consequentemente, traz contraste ao espaço.

Linhas gerais

Linhas arredondadas e retas são marcas do estilo. Em uso moderado, as duas se complementam, criando um efeito simples e vivo. Desenhos retos dão a ideia de simplicidade; curvos, de movimento.

Colunas cilíndricas, bancadas retas e formas geométricas garantem o tônus do estilo neoclássico. No entanto, essas linhas devem ser distribuídas pela arquitetura e decoração dos ambientes, das paredes ao mobiliário, para criar um efeito heterogêneo.

Luz

O uso da luz também marca o neoclássico, já que as cores claras auxiliam a espalhar ainda mais a luminosidade por onde quer que ela alcance. Portanto, janelas grandes devem ser privilegiadas. Dessa maneira, a iluminação natural fará o jogo de sombras, imitando o século em que ainda não havia eletricidade.

Objetos

Esculturas em mármore são comuns no estilo neoclássico. Os quadros com molduras de madeira nobre e em estilo do século XVIII, com pinturas em alusão à época, também devem fazer parte do conjunto decorativo neoclássico.

Peças em porcelana, figuras simétricas e em linhas retas, objetos em dourado, branco e molduras de gesso no teto também estão presentes no estilo.

A arquitetura neoclássica prova que é possível criar espaços harmônicos unindo a elegância clássica à ousadia da modernidade. Um caráter indispensável em obras e decorações atuais, para sempre acompanharem as tendências, mas sem perder um perfil mais conservador.

Além de o estilo neoclássico entregar uma estética fiel ao luxo de obras de alto padrão, ele confere muita qualidade ao ambiente. Esse é um atributo que deve ser valorizado em seu espaço, para garantir beleza e sofisticação com um custo-benefício atrativo.

Acompanhe as nossas redes sociais — Facebook, Instagram e YouTube — para ficar por dentro das novidades sobre imóveis, arquitetura e decoração!

Categorias e Tags relacionadas