fbpx

8 dicas para a escolha de quadros para quarto de bebê

O momento de decorar o quartinho de uma criança que está prestes a chegar é um dos mais divertidos. Por isso, você deve aproveitá-lo ao máximo. E uma das tendências de decoração é o uso de quadros para quarto de bebê. Contudo, esse décor exige vários cuidados para ficar impecável.

No curso do desenvolvimento da criança, as experiências que mexem com os sentidos e a imaginação são fundamentais. Nessa direção, os quadros ganham importância, pois trabalham o lúdico por meio de cores, temas, gravuras e outros detalhes. Isso os torna peças de destaque na decoração do quarto de bebê.

Neste artigo, você conhecerá as principais dicas para decorar com quadros para quarto de bebê e criar um ambiente bonito e funcional!

1. Defina um tema para os quadros para quarto de bebê

Primeiramente, a temática escolhida para o restante da decoração deve guiar a sua seleção de quadros para quarto de bebê.

Dessa maneira, temas relacionados a natureza, personagens e figuras infantis devem constar entre as suas opções. Assim, basta identificar os quadros que mais se encaixam na proposta do quarto.

Todos devem contribuir para um resultado harmônico, que crie uma atmosfera de acolhimento para o bebê e atenda às expectativas estéticas da família.

2. Capriche na escolha das imagens

Escolher as imagens dos quadros para quarto de bebê é um passatempo e tanto para quem aguarda a chegada da criança. Desse jeito, selecione gravuras, pinturas e fotografias que conversem entre si. Mas elas não precisam ser rigorosamente iguais.

Uma dica é encomendar pinturas feitas por artistas especializados em decoração infantil. Eles saberão sintetizar as suas vontades para o quartinho da criança em imagens autorais, garantindo personalização e originalidade.

3. Pense nos tamanhos dos quadros

A proporção é a principal regra para decorar quarto de bebê com quadros. Desse modo, escolha peças em boa quantidade e tamanhos diversos, mas que fiquem bem na área disponível.

Ao adquirir os quadros, dê um passo de cada vez. Compre as peças aos poucos e acomode uma a uma na parede, analisando o resultado.

Caso você sinta que o quarto pode receber mais quadrinhos na parede, continue a colocar poucos por vez, para não exagerar e acabar ficando com vários sobrando.

4. Selecione as molduras

As molduras são elementos fundamentais na decoração com quadros para quarto de bebê. Afinal, são elas que garantem o preenchimento e dão o “peso” que esse décor terá.

O estilo clássico é um dos mais usados. No entanto, deve ser adotado com moderação, pois pode chamar muita atenção para si por conta do visual elaborado.

Já as molduras modernas, como as que contam com tons neutros e linhas retas, são perfeitas para ambientes mais simples.

Molduras em madeira polida ou lixada dão um toque bastante aconchegante ao quarto da criança. Esse material, em espessura mais fina, é contemporâneo e leve, o que é ideal para quartinhos minimalistas.

Aliás, é possível misturar todos esses tipos de moldura e criar uma decoração totalmente personalizada. Basta que as cores e os materiais usados combinem de alguma forma.

Quadros para quarto de bebê

5. Escolha a melhor parede

A escolha da parede interfere na maneira como as imagens serão apreciadas. Portanto, esse é um aspecto relevante no décor com quadros para quarto de bebê.

De preferência, a parede deve ficar contra a iluminação natural. Assim, a claridade não vai ofuscar as gravuras, especialmente aquelas protegidas por vidros.

Desse modo, escolha uma parede que tenha destaque no quarto da criança. Junto ao berço ou à cômoda, os quadros podem ser os primeiros elementos visualizados na chegada.

Considere ainda colocar os quadros para quarto para bebê na parede mais neutra possível ou naquela que receber papel de parede.

6. Use complementos

Você pode usar complementos na parede, sempre de acordo com o seu objetivo de decoração para o quarto do bebê. E há diversas peças que agregam ao décor.

Nesse sentido, os bastidores, que são madeiras redondas em estilo antigo, são boas escolhas. Eles dão um toque de suavidade ao espaço.

Fazer um varal de fotografias ou ajeitá-las em um painel de aço, com ímãs, também são boas maneiras de complementar a parede de quadros para quarto de bebê.

Prateleiras ou nichos com fotografias e objetos decorativos funcionam em doses moderadas. Basta saber usar cada elemento para que o efeito não fique exagerado.

7. Analise a composição dos quadros

Assim como a gallery wall — clássico mural de quadros para decorações contemporâneas —, a parede do quarto do bebê deve ter uma bela composição. Isso garante harmonia para o ambiente e destaque para cada imagem.

Para acertar na sua composição de quadros para quarto de criança, não coloque muitas peças próximas umas das outras, especialmente se elas forem grandes. Esse layout funciona melhor para itens menores.

Novamente, ressaltamos que a quantidade de quadros pendurados deve ser proporcional ao tamanho do quarto do nenê. Assim, a sua composição será bem trabalhada, sem excessos ou “buracos”.

8. Teste a decoração antes de furar a parede

Por fim, antes de você furar a parede para pendurar os quadros no quarto do bebê, faça um teste com gravuras falsas para visualizar como ficará o resultado.

Isso é bem simples de fazer: você pode usar fita crepe e papéis diversos. Então, é só colar esses materiais na parede, imitando as proporções dos quadros que pretende usar nos locais que quer pendurá-los.

Feito isso, dê uma boa olhada e veja se a parede ficou com o resultado pretendido. Assim, se tiver alguma ressalva, faça as alterações necessárias, até chegar à composição ideal.

Criar uma decoração de parede com quadros para quarto de bebê também é um momento de voltar à infância. Portanto, siga as nossas dicas e aproveite esse momento, que o resultado será perfeito.

Gostou desses truques? Acompanhe as nossas redes socais — Instagram, Facebook e YouTube — para conferir novidades e dicas sobre imóveis, arquitetura e decoração!

Categorias e Tags relacionadas