fbpx

Cozinha integrada: como ter harmonia nesse ambiente?

Você já pensou em ter uma cozinha integrada?

Existem várias tendências que permeiam o universo da decoração de interiores. E, recentemente, um dos conceitos mais abordados é o dos ambientes integrados.

A proposta é unir dois ou mais cômodos distintos, aproveitando ao máximo o espaço disponível e desfrutando de inúmeros benefícios. Visual moderno, melhora na circulação de pessoas, maior convivência entre os familiares e valorização imobiliária são só alguns.

Nesse sentido, temos inúmeras possibilidades de integração. Há quem integre a sala com a varanda gourmet, o dormitório com o escritório e por aí em diante. Dentre todas as alternativas, a junção da cozinha com a sala é a mais comum. 

Justamente por isso, queremos compartilhar com você algumas dicas para que o seu próximo projeto fique impecável. Neste artigo, descubra como obter uma excelente integração e conquistar o lar dos sonhos. Boa leitura!

Elabore uma cartela de cores para os ambientes integrados

uso correto das cores faz muita diferença na decoração. E, quando falamos em ambientes integrados, esse detalhe se torna ainda mais importante. 

No dia a dia, as tonalidades conseguem transmitir sensação de unidade. Isso faz com que as pessoas sintam que estão em um só cômodo quando, na verdade, se encontram em espaços unidos.

Existem tons específicos para causar certas impressões. Os claros, por exemplo, são conhecidos por ampliar visualmente, dando a ideia de que uma área parece maior do que realmente é. 

Com isso em mente, que tal pensar em quais cores podem ser utilizadas no seu projeto? As mais bem aproveitadas do momento são o branco, o off-white, o cinza e o bege. 

Caso você deseje, também é possível adicionar pontos de cor, detalhe que adiciona vida e informação ao décor. Nesse sentido, os tons terrosos e neutros, como o marinho e o verde-militar, são ótimas pedidas. Inove!

Use o mesmo piso nos dois espaços 

Além de pensar nas cores, quem pretende ter uma cozinha integrada com a sala deve investir em elementos comuns para ambos os espaços, de modo a garantir um resultado harmônico.

Os revestimentos estão nessa lista, mais precisamente o piso. Tal cuidado ajudará a reforçar a impressão de que o local é amplo. Também será possível criar um estilo de decoração único, sem estabelecer limites entre as peças.

A nossa sugestão? Os porcelanatos. Atualmente, você pode encontrar uma ampla variedade desses materiais, como aqueles que apresentam estampas em madeira ou concreto — criando uma atmosfera rústica e aconchegante em ambas as áreas.

Capriche na iluminação 

Certamente, a iluminação deve ser considerada. Aliás, assim como em qualquer outro projeto arquitetônico, essa questão precisa ser pensada com cuidado. 

Para acertar, considere instalar um lustre amplo e espalhar abajures ou luminárias com lâmpadas amarelas na área da sala.

Paralelamente, procure investir em spots com luzes brancas estrategicamente posicionados em diferentes pontos da cozinha.

Se você incluir uma ilha ou península no projeto, também é interessante contar com pendentes nessa área de transição. 

Lembre-se ainda da iluminação natural. Na sala, recorra ao uso de cortinas leves e finas. Isso facilitará a entrada da luz solar e fará com que todo o ambiente ganhe uma atmosfera agradável durante o dia.

Cozinha integrada

Invista em uma ilha ou península para a sua cozinha integrada

Em se tratando da cozinha integrada, a ilha ou península é um dos pontos que se sobressaem.

Seguindo o estilo americano de decoração, a ilha deve ser posicionada na parte central do ambiente — ideal para que os moradores se reúnam e recebam amigos. 

Você pode encontrá-la em variados modelos: com cooktop, com pia, com eletros embutidos, com armários e por aí em diante. 

Por outro lado, se a ideia é delimitar bem os cômodos, considere a península, que deve ficar encostada em uma parede.

Essa opção também permite embutir o que quiser, mas normalmente serve apenas para que os moradores façam refeições rápidas.

Independentemente da sua preferência, é imprescindível observar as características e necessidades do espaço antes de “bater o martelo”. Se não, você correrá o risco de comprometer a circulação no dia a dia.

Bônus: os materiais

Em busca de praticidade? Ao montar a sua ilha ou península, invista em matérias-primas que sejam bonitas, resistentes e fáceis de limpar.

Entre elas, temos o granito — uma pedra bela, duradoura e, se utilizada em versões escuras, capaz de disfarçar manchas.

Instale uma coifa 

Em uma cozinha integrada, o uso da coifa é indispensável.

Trata-se de um equipamento responsável por minimizar a fumaça e os odores do preparo das refeições, que podem ficar acumulados nos ambientes, especialmente na sala.

Ao contar com o aparelho, você conseguirá preparar seus pratos com tranquilidade, sem se preocupar se familiares ou convidados ficarão incomodados.

Na hora de escolher a sua, confira muito bem as medidas para identificar o modelo mais adequado. Existem, por exemplo, as coifas fixas nas paredes, as instaladas diretamente no teto e as de embutir. 

Para funcionar corretamente, a dica é que o equipamento tenha a mesma medida de seu fogão ou seja um pouco maior. Caso contrário, os vapores poderão ser desviados para as laterais.

“Esconda” os eletrodomésticos 

Por fim, para conquistar um resultado harmônico, considere “camuflar” os seus eletrodomésticos.

Isso mesmo! Atualmente, as pessoas mais antenadas preferem projetar móveis sob medida, capazes de manter o forno, o micro-ondas e até a geladeira bem escondidos. 

Além de ser interessante para obter um visual moderno, clean e organizado, essa dica ajudará você a aproveitar ao máximo o espaço disponível.

E o melhor: ainda é possível escolher todos os detalhes da mobília, como os materiais, as cores e os acabamentos. 

E então, gostou de aprender como criar uma belíssima cozinha integrada com a sala? Agora, você já tem todas as informações necessárias para montar um espaço incrível, que seja a sua cara. 

Se quiser continuar a conferir outros conteúdos com dicas interessantes como essas, acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, InstagramYouTube. Nos vemos nelas!

Categorias e Tags relacionadas