fbpx

Saque no tênis: 5 dicas para melhorar nesse fundamento

O saque é um dos fundamentos mais importantes para um bom jogador de tênis. Isso porque uma partida consiste em manter o seu saque no tênis e tentar quebrar o do adversário.

Sendo assim, um mau sacador tende a ter muitas dificuldades nos seus jogos. É difícil ganhar um confronto em que você não consegue vencer seus pontos de saque, mas o adversário é muito sólido no quesito.

Ao mesmo tempo em que é extremamente importante, o saque no tênis é um recurso que exige muita habilidade e treinamento.

Portanto, se você apresenta dificuldades nesse fundamento, reunimos algumas dicas a seguir que podem ajudá-lo a melhorar. Confira!

5 dicas para melhorar o seu saque no tênis

Antes de começarmos com as dicas para melhorar a sua técnica na hora de sacar em uma partida de tênis, recomendamos que você peça sempre auxílio a um professor da modalidade.

Por mais que o tênis seja um excelente esporte para a saúde, ele não está isento de lesões. As rebatidas geram tensões e, portanto, uma boa execução é essencial para evitar danos para as suas articulações.

Registro feito, vamos conferir então as dicas para melhorar o seu saque no tênis e aumentar o seu desempenho como tenista — seja disputando torneios ou mesmo em uma partida amadora com amigos em Ribeirão Preto.

1. Lembre-se do objetivo do saque

A primeira dica pode parecer um pouco óbvia, mas precisamos entender detalhadamente o nosso objetivo com um saque.

Basicamente, você precisa cruzar a bolinha por cima da rede e atingir o quadrado oposto do lado adversário. É assim que funcionam as regras do tênis.

Ou seja, o primeiro cuidado na hora de sacar é com o posicionamento do corpo. Caso você se coloque em uma posição inadequada, tende a dificultar esse movimento de cruzamento.

Da mesma forma, se o corpo ficar muito virado para o seu objetivo, pode ser um movimento exagerado e acabar jogando o seu lançamento para fora da quadra. O posicionamento, portanto, é muito importante.

2. Observe a sua forma de segurar a raquete

A história do tênis é bastante antiga e, ao longo do tempo, os estilos mudaram bastante. No entanto, um fator é imutável: a importância de trabalhar com uma boa empunhadura, ou seja, a forma como você segura a raquete.

O melhor jeito de sacar é usando uma empunhadura levemente virada, chamada tecnicamente de continental. É a mesma empregada em golpes como o voleio ou o slice.

E por que ela é tão recomendada? Porque ajuda na parte técnica do saque no tênis. Com essa pegada na raquete, fica mais fácil usar de diferentes estratégias para sacar.

O movimento acelerado gera potência, mas há também como empregar mais efeito e, consequentemente, dificultar a reação do adversário.

3. Dedique atenção especial ao lançamento

Outro fator muito importante na hora de sacar é o lançamento (toss) da bola, que permite uma boa execução do fundamento mais importante da modalidade.

Se a bola estiver muito baixa, o seu golpe terá dificuldades de superar a rede. Por outro lado, um toss muito longe tornará complexa a missão de rebater a bolinha. Qualquer desvio de lançamento pode comprometer o seu objetivo.

O ideal, inclusive, é realizar um lançamento que permita que você seja agressivo no golpe, mas conter o giro que deseja para o saque no tênis.

Se a ideia é adicionar efeito, por exemplo, o recomendável é que você efetue o toss “chamando” ela para si. Assim, ao encontrar a raquete, o resultado é potencializado.

Saque no tênis

4. Use suas pernas para sacar

Um erro muito comum de iniciantes é achar que o saque, por ser um golpe parado, se utiliza apenas da parte superior do corpo. Isso não é verdade; os membros inferiores têm papel importante no fundamento.

Em primeiro lugar, o posicionamento dos pés vai ditar o ritmo da postura corporal, justamente a primeira dica que demos para melhorar o seu saque no tênis. Assim, esse já é um primeiro ponto de atenção.

Além disso, um bom saque se utiliza da flexão de joelhos. Isso permite, afinal, que você salte e impacte a bolinha no alto, ganhando espaço para atacar o adversário com esse golpe.

Você já deve ter percebido que tenistas altos sacam muito bem no circuito profissional. Isso acontece justamente pela execução do fundamento, que explora ao máximo a estatura do jogador.

Embora esse seja um excelente recurso para melhorar o seu jogo, é natural que você sinta dificuldades em acertar o tempo exato para encontrar salto e lançamento, caso esteja começando a jogar tênis. Se esse é o seu caso, aumente o ritmo gradativamente.

5. Entenda que o saque não termina quando você acerta a bola

O que você faz depois de acertar a bolinha no seu saque? Se a sua reposta é “esperar o adversário rebater”, saiba que já tem mais um ponto de melhoria.

O saque não significa apenas acertar a bolinha no quadrado adversário, mas também iniciar a construção de um ponto. Portanto, o ideal é terminar o golpe já dentro da quadra, atacando seu oponente e pronto para uma nova rebatida.

Além disso, um bom saque aumenta o ponto de contato entre raquete e bola. É um movimento de fração de segundos, mas que gera controle e potência. Preste atenção nisso para caprichar e melhorar.

Gostou dessas dicas para melhorar o seu saque no tênis?

Se você seguir essas dicas, certamente será capaz de levar seu saque a outro nível nas partidas com os seus amigos em Ribeirão Preto. O fundamento é realmente difícil de dominar, mas diferencia os melhores tenistas.

Caso você tenha o hábito de disputar torneios de tênis, pode sentir um certo nervosismo no momento do saque. E essa pode ser uma dica final: mantenha a calma. Sacar é importante e decisivo para um ponto, mas não será possível executar um bom golpe se a tensão dominar a sua mente.

Aproveite para compartilhar este artigo com os seus amigos nas suas redes sociais e mostrando que você busca formas de melhorar o seu jogo.

Categorias e Tags relacionadas