fbpx

Cadeira do papai: conforto, funcionalidade e sofisticação para ele

Ter conforto significa contar com bons espaços para repouso. Nesse sentido, a cadeira do papai é ideal para um ótimo descanso no aconchego do seu lar. No entanto, com tantos modelos à disposição no mercado, é preciso conhecer as principais características antes de escolher o seu.

A cadeira do papai é um móvel de alto padrão. O mobiliário é produzido com materiais nobres, trabalhado em design arrojado e munido com tecnologia de ponta. Assim, entrega boas experiências para quem deseja ler, assistir TV ou cochilar.

Neste artigo, você vai conhecer os atributos que precisa analisar na cadeira do papai e ver com quais ambientes da sua casa ela mais combina. Boa leitura!

Como escolher a cadeira do papai?

Escolher a cadeira do papai exige a mesma atenção que qualquer outro móvel desse tipo. Afinal, você ficará sentado por um longo tempo. Portanto, é preciso que essa mobília seja ultra confortável e combine com o ambiente. Confira algumas dicas em seguida.

Modelo elétrico ou não

Primeiramente, decida se você pretende comprar um modelo elétrico ou não.

Se optar por uma cadeira do papai elétrica, ela terá alguns recursos adicionais, como massagem, aquecimento e reclinação por botões, entre outros. No entanto, veja se o local onde pretende usar esse móvel conta com tomadas por perto.

Já se a sua ideia é ter uma cadeira do papai tradicional, opte por qualquer uma com ajustes manuais. Nesse caso, você só terá um pouco de trabalho para regular a altura, o ângulo e outros detalhes que darão o conforto que você deseja.

Ergonomia

A ergonomia é um fator primordial quando o assunto é cadeira. Contudo, em se tratando dos modelos reclináveis de alto conforto, como essas do papai, é preciso conferir a construção da peça.

Veja se atende a sua altura, especialmente quando ficar com os pés apoiados no chão, pois eles devem tocá-lo por completo. Dessa forma, você previne dores e problemas de coluna.

Também prefira um modelo com um encosto específico para a sua cabeça. Assim, você poderá apoiar a sua coluna por completo, evitando que dores nas costas e no pescoço surjam depois de, por exemplo, poucas horas assistindo TV.

Cadeira do papai

Tamanho

Há diversos tamanhos de cadeira do papai. Portanto, não é possível afirmar que você deve escolher um em específico. Mas opte por aquele que sirva para o ambiente do seu apartamento sem atrapalhar a circulação.

Escolha uma cadeira do papai com tamanho para ser transportada e passar pelas portas dos cômodos. Também veja se o porte dela combina com o perfil do seu ambiente.

Materiais

Os aspectos que compõem uma cadeira do papai são:

  • estrutura: dá a sustentação da cadeira, como se fosse o “esqueleto” dela;
  • estofado: tipo de acolchoado da cadeira;
  • tecido e acabamentos: qual é o forro do estofado e o revestimento da cadeira.

Em seguida, conheça os materiais mais usados em cada uma dessas partes.

Estrutura

Escolha uma cadeira que tenha estrutura de aço ou alumínio, para garantir sustentação e durabilidade.

Estofado

Quanto ao acolchoado, vá pela linha de espumas de alta densidade, pois elas não deformam com o uso prolongado e garantem muito conforto. D60 é um tipo desse material que entrega qualidade.

Cadeira do papai

Tecidos

Já a tapeçaria da cadeira do papai exige uma escolha cuidadosa. Afinal, dependendo do material, você terá que fazer manutenções de curto, médio ou longo prazo.

No geral, os tecidos de uma cadeira do papai são:

  • couro: material de alta durabilidade, que exige limpezas com panos úmidos e hidratações com produtos adequados. Para climas quentes, é a melhor escolha, pois é frio;
  • corino: uma imitação do couro, que depois de alguns anos de uso começa a “rachar” e precisa ser trocada;
  • linho: tecido fino, que exige cuidados com produtos de limpeza específicos para não manchar;
  • suede: acumula mais poeira e suja com certa facilidade, mas tem acabamento muito fino;
  • sintético: ideal quando a sua ideia é ter a cadeira para uso intenso, pois você pode limpar com um simples pano úmido.

Acabamentos

Os fabricantes podem produzir a parte traseira da cadeira, os revestimentos dos pés e outros detalhes em diversos materiais. Os mais comuns são o plástico e a madeira.

Quanto mais você investir em materiais nobres, melhor será a qualidade da cadeira em geral e mais bonito ficará o seu décor.

Design

O design das cadeiras de papai pode seguir o que há de mais moderno em mobiliário ou remeter a estilos clássicos. Dessa forma, você deve apenas combinar o perfil do móvel e a decoração do seu ambiente.

Em geral, todos os modelos disponíveis seguem uma linha comum. Características como o estofado denso, os braços robustos e o apoio para a cabeça são marcas quase que registradas desse mobiliário.

O que varia é a assinatura do designer que concebe o modelo. Ele pode projetar cadeiras em estilo clássico, moderno, contemporâneo, retrô e muitos outros.

Onde usar a cadeira do papai?

Você pode usar a cadeira do papai em diversos ambientes. Mas sempre com o mesmo propósito: ter bons momentos só ou em família.

  • sala de estar: nessa área, a cadeira servirá para os momentos de ficar com a família ou descansar sozinho;
  • quarto: esse cômodo pode receber uma cadeira para servir de decoração e ser usada para ler antes de dormir;
  • escritório: o home office fica perfeito com a cadeira do papai, que servirá para relaxar durante ou depois de um dia de trabalho;
  • quarto de TV: a cadeira do papai acomoda com bastante conforto para as horas de curtir programas, filmes e séries, além de ouvir música.

Certamente, a cadeira do papai é um móvel que não passa despercebido no ambiente. Com robustez e qualidade mesmo nos modelos simples, você pode aproveitar melhor o dia a dia no seu apartamento, pois ela é ideal para relaxar com conforto, funcionalidade e sofisticação.

Gostou das nossas dicas? Então, aproveite para acompanhar as nossas redes sociais: Facebook, Instagram e YouTube!

Categorias e Tags relacionadas