fbpx

9 dicas essenciais para fazer um churrasco completo

churrascocompleto1

Certamente, o churrasco completo faz parte da cultura brasileira. Pessoas queridas, ambiente descontraído, sabores e aromas deliciosos são alguns dos principais elementos que dão o ritmo dessa refeição. No entanto, para sair tudo perfeito, cada carne, acompanhamento e bebida deve ser preparado do jeito certo.

Aproveitar finais de semana e feriados com a família e os amigos para fazer uma refeição especial não tem preço. Mas cada prato tem o seu jeito de preparo. E se o seu preferido é um churrasco completo, você deve conhecer cada etapa para um longo dia de bons cortes e drinques.

Neste artigo, você vai aprender algumas dicas para fazer um churrasco completo, desde a hora de calcular as quantidades até o momento de escolher as bebidas!

1. Calcule a quantidade de carnes para um churrasco completo

Uma dúvida comum na hora de fazer um churrasco completo é quanta carne comprar. E, além dos cortes, é preciso pensar em todos os outros alimentos que estarão presentes.

Geralmente, uma pessoa consome de 300 a 400 g de carne.

Essa quantidade deve incluir todos os tipos disponíveis; portanto, na hora de comprar as peças, é preciso ter em mente quantas pessoas vão participar e levar os pacotes nos pesos certos.

2. Aposte em vários tipos de carne, das simples às nobres

Aliás, um churrasco completo não precisa incluir todos os tipos de carne.

Porém, algumas peças são coringas nessa refeição, enquanto outras podem ser servidas em quantidades menores.

Veja cortes de carne deliciosos que você deve incluir em seu churrasco completo:

  • linguiça suína, calabresa ou recheada — com queijo, pimenta etc;
  • frango — tulipas, que são as partes fartas das asas;
  • contrafilé — separado do filé mignon;
  • cupim — peça pequena, pois é uma carne farta em gordura;
  • picanha — clássica em qualquer churrasco;
  • costela bovina — ideal para confraternizações;
  • entrecôte — corte nobre que deve ser feito malpassado;
  • t-bone — carne nobre com osso ideal para ser grelhada.

3. Invista nos temperos e no preparo específico de cada corte

Para que o seu churrasco completo seja perfeito em termos de maciez, suculência e sabor dos cortes, cada um deve ser temperado do modo adequado.

Inclusive, essa etapa prepara a carne para ser grelhada e faz ela chegar ao ápice degustativo.

Confira as principais dicas para temperar e preparar diversos tipos de carne:

  • retire as carnes do freezer até dois dias antes do churrasco e as descongele na geladeira;
  • carnes bovinas devem ser temperadas com sal grosso na hora em que você colocá-las na grelha;
  • você ainda pode utilizar como temperos de carnes bovinas o chimichurri, o sal marinho, o sal de rosas e a pimenta-do-reino moída;
  • separe um molho barbecue pronto, para dar um toque defumado e muito expressivo aos cortes;
  • a carne suína deve ser temperada com pelo menos 1h de antecedência com limão, alho moído e sal fino;
  • aves devem ser temperadas antes com suco de laranja, limão rosa, sal, alecrim ou orégano, entre outros temperos úmidos e acentuados;
  • linguiça calabresa e outras já são temperadas. Portanto, não precisam de tempero.

Churrasco completo

4. Acenda a churrasqueira com algumas técnicas

Na hora de começar o seu churrasco completo, acender a churrasqueira pode ser um problema se você não souber como fazer isso.

Há duas maneiras muito práticas de acender a churrasqueira e economizar um tempo que pode ser dedicado a conversas com familiares e amigos.

Com guardanapos

O jeito mais caseiro, mas que funciona sempre, é com guardanapos molhados com álcool gel. Para fazer isso, coloque dois ou três pedaços de carvão no fundo da churrasqueira.

Em seguida, amasse três guardanapos e os coloque em cima dos carvões. Depois, monte uma “casinha” com mais carvões em volta do papel embebido. Por fim, basta acender um fósforo e jogá-lo no amontoado.

Com acendedor

O outro jeito de acender a sua churrasqueira para fazer um churrasco completo de forma rápida é com um acendedor. Você deve apoiá-lo em cima de carvões, fazer a “casinha” e acender com um fósforo ou acendedor elétrico.

Use um assoprador para fazer o fogo “pegar”. Porém, isso só é possível quando o fogo está um pouco mais alto, pois ele consegue ganhar mais força. Se não tiver um, basta abanar com uma folha grande de papelão ou uma tampa de plástico.

5. Asse as carnes com cuidado

Sem dúvida, a carne de churrasco tem os seus segredos para ser assada. Isso vale para todos os tipos de cortes, pois o lugar é sempre o mesmo. O que muda é o tempo de preparo e a altura na grelha.

Controle a altura do fogo

As carnes mais magras, como a linguiça, devem ficar mais afastadas do fogo. Porém, não deixe muito longe, pois elas podem ressecar.

Já as carnes em filés ou peças podem ser assadas mais próximas, mas sempre com a gordura para cima, para garantir a suculência.

Coloque as carnes só com a grelha quente

Você só deve colocar as carnes na churrasqueira quando a grelha estiver quente. Assim, elas não serão assadas lentamente, o que implica na alteração do sabor, textura e suculência.

Use o espeto e a grelha

Algumas peças, como a linguiça, o cupim, a alcatra e a maminha, podem ser colocadas no espeto. No entanto, tenha em mente que elas devem receber o sal depois de espetadas, não antes.

Já as peças inteiras, como a picanha, o entrecôte e o contrafilé, devem ser feitas direto na grelha, para garantir carnes bem suculentas em seu churrasco completo.

6. Sirva aperitivos antes de começar o churrasco

Nada como atiçar a fome com muitos sabores antes de degustar um churrasco completo.

Nesse sentido, para abrir as alas, há muitos aperitivos perfeitos.

Veja os principais tira-gostos de um churrasco:

  • patê de azeitonas, alho e berinjela com torradas;
  • azeitonas;
  • amendoim salgado;
  • fatias de pão francês com azeite;
  • salame com limão;
  • coração de frango temperado;
  • palmito cortado com sal e orégano
  • linguiça pequena com pimenta.

7. Prepare alguns acompanhamentos

Certamente, um churrasco completo se faz também com acompanhamentos que incrementam a confraternização entre a família e os amigos.

Confira os principais acompanhamentos para servir em seu churrasco:

  • arroz branco;
  • salada — de alface, rúcula, agrião etc;
  • queijo de coalho — para ser grelhado;
  • pão de alho assado;
  • abacaxi assado com canela;
  • farofa;
  • vinagrete — cebola e tomate picadinhos, vinagre, azeite e sal;
  • espetinhos de berinjela, cebola e abobrinha — para vegetarianos e veganos.

Churrasco completo

8. Separe diversas bebidas e drinques

Não se esqueça delas, pois entre um corte e outro, as bebidas é que dão o teor do momento e refrescam nas temperaturas altas, tanto do clima local quanto do fogo da churrasqueira.

Além das bebidas, sempre tenha um ou dois baldes de gelo à disposição. Um será dedicado para pegar gelo para drinques e outro para deixar garrafas geladas.

Veja as principais bebidas para servir em seu churrasco completo:

  • cervejas especiais;
  • chope
  • vinho tinto seco;
  • espumantes;
  • drinques como caipirinha, mojito, sex on the beach e gim tônica;
  • uísque;
  • sucos;
  • água;
  • refrigerantes.

9. Use utensílios e acessórios para facilitar o seu churrasco

As ferramentas para churrasco são essenciais para você manipular, cortar e conservar o melhor em textura, sabor e aroma das carnes.

Confira os principais itens que você deve ter para fazer o seu churrasco completo:

  • facas: jogo com pelo menos três exclusivas para churrascos;
  • garfo de churrasco: grande, com duas pontas e um cabo de madeira, para pegar as carnes;
  • espetos: para colocar peças de carne menores, como linguiças, entre outras;
  • pegadores: de aço inox, ideais para virar peças como linguiças e bifes;
  • chaira: para afiar as lâminas e deixar os cortes ainda mais fáceis, fazendo a faca deslizar na carne;
  • tábua: tenha duas ou três para cortar diferentes tipos de carnes. Cortando uma em cada tábua, você evita que elas peguem o sabor de outras peças;
  • panos: para limpar as suas mãos e a sua bancada;
  • formas: tenha algumas formas de alumínio ou aço inox, para temperar as carnes e apoiar as peças geladas.

Por fim, nunca deixe as carnes muito próximas da sua churrasqueira quente, pois se sobrarem algumas peças, você poderá colocá-las de volta na geladeira. Contudo, elas não devem passar mais do que três dias resfriadas antes de serem preparadas.

No mais, conte com avental e luvas para se proteger da sujeira e do calor que a churrasqueira faz. E não se esqueça de que, para um churrasco completo ser ótimo, ele deve ter brasa por bastante tempo. Portanto, separe vários pacotes de carvão.

Curtiu essas dicas para deixar o seu churrasco ainda melhor? Então, compartilhe este artigo com os seus amigos!

Categorias e Tags relacionadas