fbpx

Trabalho remoto: como se adaptar a essa nova realidade?

A pandemia de Covid-19 trouxe mudanças e exigiu adaptações em todo o mundo. No ambiente corporativo, impôs o trabalho remoto para muitas pessoas, de modo que elas pudessem seguir as medidas de distanciamento social necessárias para conter o avanço da doença.

Para muita gente, essa foi uma grande novidade, que modificou a rotina e o trabalho. Algumas profissões tiveram facilidade em se adequar, enquanto outras precisaram até de novas regulações para que fosse possível fazer home office, como no caso dos médicos.

Aos poucos, a pandemia vai ficando para trás, mas muitas empresas decidiram manter o trabalho remoto ou híbrido. Ou seja, quem ainda tem uma rotina improvisada precisa tomar certas atitudes para que essa experiência seja mais confortável.

O que é trabalho remoto?

Em resumo, esse termo é usado para fazer referência ao trabalho realizado a distância. Nesse contexto, os profissionais podem desempenhar suas funções em qualquer lugar, seja no home office ou em um coworking, por exemplo.

Para eles, isso é ótimo, porque possibilita até mesmo trabalhar de cidades, estados e países diferentes. Aliás, o conceito de “nômade digital” cresce justamente por oferecer liberdade e flexibilidade para a realização de tarefas.

Já para as empresas, representa economia com o aluguel e as contas de um espaço físico, além de permitir o recrutamento de profissionais de qualquer canto do mundo.

Trabalho remoto é tendência impulsionada pela pandemia

A crise sanitária gerada pela pandemia da Covid-19 jogou luz sobre a importância do trabalho remoto.

Mesmo quem trabalhava com atendimento ao público passou a atuar a distância para manter os negócios em funcionamento.

Assim, as empresas garantiram a prestação dos serviços, sem deixar de seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

No entanto, tudo aconteceu em tempo recorde com o primeiro lockdown. Não houve tempo para planejamento ou adaptação.

Cada empresa teve que adotar medidas adequadas à própria realidade para manter o seu funcionamento, mas sem colocar em risco a vida das pessoas.

Um dos benefícios foi a transformação digital, que acelerou nesse período. E, graças a outros pontos positivos, mais de 32% das empresas esperam contar com o trabalho remoto daqui para frente.

Quais são as vantagens e os desafios do trabalho remoto?

O trabalho remoto traz vantagens tanto para profissionais quanto para empresas, mas também tem alguns desafios.

Entre os principais benefícios, temos:

  • é econômico para a empresa, que reduz ou não tem despesas com prédios e contas de consumo como luz e água;
  • torna possível a contratação de pessoas de qualquer lugar;
  • aumenta a qualidade de vida, já que há mais tempo livre;
  • garante flexibilidade de horários, permitindo o foco nos resultados;
  • elimina o tempo gasto com o deslocamento;
  • tende a aumentar a produtividade dos profissionais;
  • diminui o estresse causado pelo trânsito.

No entanto, também há alguns desafios, como:

  • adaptação digital de empresas e profissionais;
  • manutenção da comunicação mesmo a distância;
  • separação das vidas pessoal e profissional;
  • maior necessidade de organização;
  • distrações em casa;
  • criação de uma rotina.

Como se adaptar ao trabalho remoto?

Para quem vai seguir no trabalho remoto, mas ainda não se adaptou a esse novo modelo, aqui vão algumas dicas importantes que podem ajudar.

Tenha um espaço específico em casa para trabalhar

Mesmo com o home office, a casa precisa continuar a ser um ambiente aconchegante, como um refúgio. Por isso, é importante delimitar os espaços destinados ao descanso e ao trabalho.

Então, nada de trabalhar da cama ou do sofá! O ideal é ter mesa e cadeira adequadas para realizar as tarefas de forma confortável, de preferência em um cômodo exclusivo para isso.

O espaço precisa ter boa iluminação, tanto natural quanto artificial. Ainda deve contar com ventilação e silêncio, além do mínimo de interferência externa possível.

Lembre-se que coworking é opção para quem prefere sair de casa

Para algumas pessoas, trabalhar em casa é um grande desafio. Seja pela quantidade de moradores no lar, pelo espaço inadequado para o home office ou pela falta de foco nas tarefas.

Nesse caso, uma das melhores soluções é um ambiente coletivo para trabalhar, o chamado coworking. São locais apropriados, que oferecem mesas, cadeiras, internet e até salas de reunião.

Com o avanço do trabalho remoto, o coworking se tornou uma necessidade para muita gente, o que faz com que esse tipo de espaço já esteja presente em várias cidades.

Além disso, quem pretende alugar ou comprar um apartamento e trabalha de forma remota pode ficar de olho nas áreas comuns que os prédios oferecem.

Atualmente, alguns projetos já contam com espaços de coworking adequados para receber seus moradores para o expediente.

Estabeleça uma rotina

Apesar de o trabalho remoto proporcionar flexibilidade, não quer dizer que você não precise de uma rotina. Inclusive, ela é fundamental para manter o foco e a produtividade em alta.

Ter uma rotina ajuda ainda a evitar as distrações e a procrastinação. Sendo assim, tenha horário para acordar, para se alimentar e para parar de trabalhar, mesmo que não sejam os mesmos todos os dias da semana.

Trabalho remoto

Conte com um espaço de descompressão

Por fim, fazer uma pausa para um lanche, para se alongar ou só para desestressar é algo que precisa estar previsto na rotina de qualquer trabalhador. Ambientes com essa finalidade são comuns em empresas, mesmo que seja apenas um cantinho do café.

E quem trabalha a distância também deve se preocupar com esse detalhe. Portanto, vale adaptar uma bancada ou um canto da casa para tornar propício o relaxamento em alguns momentos do dia.

Hoje em dia, apartamentos mais modernos que oferecem coworking em suas áreas comuns também contam com os chamados espaços de descompressão, que são ideais para descansar.

Com o trabalho remoto em alta, muitos empreendimentos já incluem espaços pensados para essa nova realidade, como os coworkings e as salas de descompressão, como é o caso de lançamentos da Tecnoart Engenharia.

Para ficar por dentro desses e de outros assuntos que são tendência no mercado imobiliário, acompanhe nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube!

Categorias e Tags relacionadas