fbpx

6 dicas realmente eficientes para ter uma decoração sustentável

Temos ouvido falar muito sobre a preservação do meio ambiente. Afinal, essa é uma necessidade urgente, para que os recursos naturais durem mais tempo e todos tenham mais qualidade de vida. Mas você sabia que é possível fazer isso de diversas formas, como em uma decoração sustentável?

E o melhor: vai além de apenas reciclar ou reaproveitar objetos de décor. Dá para ter uma casa sustentável por meio da escolha dos materiais, da pintura das paredes e do uso da tecnologia, entre outros exemplos.

Para entender como ter uma casa aconchegante com decoração sustentável, que ajuda a preservar a natureza, acompanhe as nossas dicas a seguir!

1. Dê preferência a matérias-primas sustentáveis

Primeiramente, quem decide seguir uma decoração sustentável precisa ficar de olho na escolha dos materiais, dos revestimentos aos objetos decorativos.

O ideal é procurar por opções que sejam biodegradáveis ou não passem por um processo de fabricação que agrida demais o meio ambiente.

Quer um exemplo? Optar por itens artesanais e de produtores locais. Além dessa ideia, listamos algumas outras para ajudar você:

  • revestimentos cerâmicos que reproduzem mármore, madeira ou pedra têm processo de fabricação que agride menos a natureza, em comparação com a extração dos materiais naturais. Sem falar que as áreas exploradas para a produção desses produtos são de fácil recuperação;
  • tinta ecológica, à base de terra ou com cal, são opções para levar cor às paredes, mas sem prejudicar muito o meio ambiente;
  • móveis de madeira de reflorestamento ou de demolição são as melhores escolhas para uma decoração sustentável, pois evitam o desmatamento. No primeiro caso, o material é plantado exclusivamente para o corte. Já no segundo, é reaproveitado de outras obras ou mobiliário;
  • lâmpadas de LED, que ajudam a economizar energia elétrica e, assim, preservar o meio ambiente;
  • fibras naturais, como linho e algodão, também contam com um processo produtivo que contribui para uma decoração sustentável. Além disso, são opções que tornam os espaços mais aconchegantes;
  • objetos em plástico biodegradável, sejam itens decorativos ou para o uso no dia a dia na cozinha, por exemplo.

2. Siga um estilo de vida minimalista para ter uma decoração sustentável

O princípio da sustentabilidade se baseia nos chamados “3 Rs”: reduzir, reutilizar e reciclar. O primeiro deles tem tudo a ver com o estilo de vida minimalista.

Afinal, ele prega aquela máxima de que “menos é mais”, o que faz com que se encaixe na decoração sustentável.

No minimalismo, fica somente o que é necessário. Isso é bom porque mantém um décor clean, sem tantos móveis e objetos no caminho.

Aliás, essa é uma boa opção para apartamentos pequenos, porque deixa tudo visualmente mais organizado e amplia o espaço de circulação.

O “reutilizar” também pode aparecer na decoração minimalista por meio de móveis e objetos com mais de uma função. Esse é o caso de uma cama-baú ou de um sofá-cama, por exemplo.

3. Valorize a luz natural

Janelas grandes e cortinas que deixam a iluminação entrar também contribuem para uma decoração sustentável porque ajudam a economizar energia elétrica.

Além disso, a luz natural cria um ambiente aconchegante e, assim, aumenta o bem-estar. Melhor ainda se do lado de fora tiver árvores ou plantas que purifiquem o ar.

Agora, se não há muita luz no imóvel, dá para seguir por outro caminho, como usar cores claras na pintura, nos revestimentos e nos móveis. Isso deixa os ambientes mais iluminados e amplos visualmente.

Decoração sustentável

4. Aposte em móveis e objetos vintage ou de segunda mão

Brechós e feiras de antiguidades são ótimos aliados para quem quer conquistar uma decoração sustentável.

Ao usar móveis e objetos decorativos que eram de outras pessoas, você contribui para a redução da geração de lixo, o que diminui os impactos do consumo no meio ambiente.

Nesse sentido, é possível ter uma decoração totalmente vintage ou utilizar alguns itens específicos para um estilo boho ou até minimalista. Tudo vai depender dos seus achados.

Além dessa opção, você pode herdar móveis e objetos de familiares. Assim, ainda conta com um ambiente cheio de lembranças afetivas.

5. Reaproveite materiais para uma decoração sustentável

É quase impossível falar de decoração sustentável sem trazer aquelas opções “faça você mesmo”. Ou, do inglês, Do It Yourself, o famoso DIY.

Os pallets, por exemplo, podem servir de base para uma mesa de centro, um banco, um sofá e até uma cama.

Outros itens de madeira também podem virar móveis. Um carretel industrial rende uma bela mesa. Já uma escada antiga pode ser pintada e se transformar em uma estante.

É possível usar garrafas e potes de vidro como vasos de planta. E, mesmo que eles não façam parte da sua casa, dá para reutilizar para a decoração sustentável de uma festa de aniversário. Eles são boas opções de centro de mesa ou lembrancinhas.

6. Tenha uma casa inteligente

Por fim, morar em uma smart home é outra alternativa para quem quer uma decoração sustentável.

Afinal, a tecnologia pode ajudar a poupar energia elétrica e água, por exemplo. Além de trazer diversas facilidades para o dia a dia de todos, com opções como:

  • áreas comuns em condomínios, como lavanderia, coworking e academia, que permitem o uso coletivo e, portanto, a economia de recursos;
  • sistema automático de iluminação, que apaga as luzes quando um ambiente está vazio;
  • cortinas automáticas, que se abrem para deixar a luz do dia entrar;
  • controle de eletrodomésticos e eletrônicos a distância;
  • ponto para carregamento de carros elétricos;
  • controle remoto de lâmpadas.
Decoração sustentável

Para quem quer morar em um prédio inteligente, a Tecnoart Engenharia conta com uma ótima opção em Ribeirão Preto. Conheça o ICON e fale com um corretor!

Categorias e Tags relacionadas