fbpx

Mesa de centro: como escolher esse móvel da sala?

Certamente, a decoração de sala permite diversas composições. E a mesa de centro é um dos itens que ganha destaque no ambiente quando é bem combinada com o décor.

Contudo, decorar com essa mobília e conquistar um resultado de alto padrão depende de diversos detalhes, e é preciso conhecê-los antes de escolher uma peça.

No mundo da decoração, enquanto alguns mobiliários permanecem tradicionais, há peças que evoluíram em vários sentidos.

É o caso das mesas de centro, que ganharam formatos, tamanhos, materiais, cores e muitos outros detalhes com o passar das décadas.

Por isso, para aproveitar o melhor que esse móvel pode trazer para uma decoração de luxo, confira dicas para combinar a mesa de centro com a sala!

Defina o estilo da mesa de centro

Primeiramente, quando você busca uma mesa de centro para a sala, um dos aspectos nos quais precisa pensar é o estilo da peça. Em suma, ela deve combinar ou contrastar com o seu ambiente, de forma harmoniosa, criando um bom efeito visual.

Industrial

Mesas de aço inox, aço escovado ou que misturam madeira bruta com aço pintado são boas apostas para salas que seguem esse estilo.

Rústico

Madeira rústica, seja ela envernizada ou natural, é uma boa pedida para salas que já tenham cores e mobiliário nesse estilo consagrado.

Moderno

O estilo modernista agrega linhas retas e sutileza ou extravagância em mesas de centro. Os formatos grandes e inusitados, além dos tons fortes e das estampas geométricas, são marcas dessa vertente.

Contemporâneo

Muito parecido com o estilo moderno, mas se diferencia na aplicação, pois usa tons neutros e materiais orgânicos. Perfeito para salas que contam com grandes paredes de quadros e bons projetos de iluminação.

Retrô

O retrô usa estilos antigos para se sustentar em peças contemporâneas. Materiais como madeira, aço e até plástico e acrílico são as suas bases.

Aliás, cores marcantes como o vermelho e o azul-escuro, com aspecto brilhoso, também são características de mesas de centro nesse estilo.

Use o formato que mais agregar à sala

Os formatos brincam com o perfil da mesa de centro e tornam qualquer sala mais imponente quando são bem combinados.

Redondo

Mesas de centro redondas ficam adequadas em salas cujo espaço dedicado aos sofás, às poltronas de descanso e ao restante da mobília permita um bom distanciamento entre as peças.

Afinal, como o formato redondo abrange um grande diâmetro, é preciso dar uma “folga” entre os móveis, preservando a circulação do cômodo.

Quadrado

A mesa quadrada é clássica! Por isso, não dá margem para erros quando é usada em salas que privilegiam um tom mais intimista.

Ela pode ser disposta de maneira simétrica com sofás, tapetes e outros décors. Assim, o resultado fica mais agradável.

Retangular

A mesa de centro retangular é bastante adequada para salas que contem com uma boa área livre para ser explorada.

Quando o restante dos móveis segue esse padrão, ela também casa perfeitamente, pois maximiza a impressão de que o cômodo é espaçoso.

Oval

O formato oval funciona de maneira parecida com o redondo. Espaços maiores permitem que esse design seja mais expressivo e notável.

Formatos inusitados

Formatos assimétricos, que brincam com formas curvas e estreladas, entre outras, são ideais para destacarem a sala.

Mas você deve usá-los como contraste e deixá-los bem à mostra ou como complemento de um décor experimental.

Mesa de centro

Lembre-se que o tamanho deve ser proporcional ao ambiente

Basicamente, há dois tamanhos de mesas: pequeno e grande. O que é conhecido como “porte médio” depende da área disponível na sala.

Pequeno

Se a ideia é decorar a sua sala com uma mesa de centro pequena, use a estratégia da sobreposição. Colocar duas ou três — a depender da área — é uma tendência que funciona para decorações modernas.

Grande

A mesa grande deve estar de acordo com a área disponível em sua sala. Ou seja, quanto maior a mesa, mais espaço o local deve oferecer, para que ela não “carregue” o ambiente.

Ouse com materiais que valorizem a área

Não há uma regra específica para combinar o material da mesa de centro e a sua decoração. Muitas vezes, décors rústicos permitem matérias-primas contrastantes e vice-versa.

Vidro

O vidro pode ser fino ou espesso, a depender do tipo de atmosfera que você deseja transmitir no ambiente. Vale usar o bom senso quanto ao “peso” que o material vai trazer à sua sala.

Espelho

Mesas de centro espelhadas funcionam bastante quando o ambiente é compacto e precisa parecer maior. Assim, basta definir o tamanho da peça de acordo com a área.

Aço

Decorações industriais que privilegiam cores escuras combinam bastante com o aço. Aliás, uma mesa de centro aplicada em uma sala desse estilo pode ser produzida no material pintado, escovado ou polido.

Madeira

A madeira combina com todos os ambientes. Inclusive, você pode até investir em um tronco de árvore grande, trabalhado para servir de mesa de centro. O acabamento, natural ou envernizado, deve casar com o décor.

Combinações de materiais

Vidro e madeira ou aço e madeira, entre outras combinações, ficam bem em salas de vários estilos. Deve prevalecer o perfil que estiver alinhado à sua decoração.

Escolha cores que conversem com o décor da sala

Em suma, as cores claras, como o branco, o bege e os demais tons terrosos, ficam excelentes em decorações que vão do clássico ao contemporâneo.

Já os tons vivos, como o vermelho, o amarelo e o laranja, entre outros, se adequam melhor a ambientes modernos e futuristas. Salas com décor retrô também funcionam com essas cores.

Por fim, os tons escuros, como o azul, o preto e o roxo, você pode alinhar com uma decoração em tom mais sóbrio.

Invista em detalhes que realcem a mesa de centro

Sem dúvida, os detalhes fazem toda a diferença. Aliás, há alguns bem interessantes nas mesas de centro.

Pés

Pés do tipo palito combinam com decorações retrôs e contemporâneas, enquanto bases sólidas e grandes ficam bem com ambientes imponentes.

Gavetas

As gavetas são boas para guardarem objetos de uso corriqueiro na sala, como controles remotos e livros, entre outros.

Bordas

Bordas chanfradas têm um acabamento mais fino, principalmente quando são arredondadas nas pontas.

Por outro lado, as bordas retas, sem chanfros, são perfeitas para estilos decorativos mais brutos.

Prefira uma mesa de centro que atenda ao seu uso

Por fim, a escolha de uma mesa de centro deve considerar o uso do ambiente. Por exemplo, se a sala é de lazer, com TV, videogame e outros entretenimentos, vale apostar em peças que condizem com a proposta.

Mas se você busca um ambiente sóbrio, vale investir em uma mesa neutra e discreta, que não chame a atenção durante o uso do espaço.

Já para os ambientes multifuncionais, como salas que dividem espaço com cozinhas, o desafio é trazer um pouco da atmosfera de cada ambiente para a mesa de centro.

Seguindo os truques deste artigo, invista em uma mesa de centro que combine com o seu décor e a sua personalidade. Assim, a chance de você gostar do resultado final será muito maior!

Gostou das dicas de decoração? Então, acompanhe os nossos perfis nas redes sociais e confira muitas outras: Facebook, Instagram e YouTube!

Categorias e Tags relacionadas