fbpx

9 dicas para quem vai comprar o primeiro apartamento

Comprar o primeiro apartamento é um passo rumo à certeza de ter um espaço para projetar do seu jeito e aumentar a sua qualidade de vida.

Portanto, é importante tomar essa decisão com bastante segurança.

A escolha de um local para viver só, morar com a família ou mesmo investir deve ser embasada em muito estudo sobre as opções imobiliárias à disposição na região escolhida.

Assim, a decisão ficará dentro do seu orçamento e das suas expectativas — e, se essas forem superadas, melhor ainda.

Por isso, para ajudar você a fazer uma escolha com base em todos os aspectos importantes que envolvem a aquisição de um imóvel, preparamos este artigo.

Em seguida, confira as dicas fundamentais para a compra do seu primeiro apartamento!

1. Comprar o primeiro apartamento requer entender as suas necessidades a curto, médio e longo prazo

Primeiramente, é preciso ter em mente que as suas prioridades mudam conforme as transformações que acontecem na sua vida ao longo do tempo.

Para alguém solteiro ou recém-casado, comprar um apartamento pequeno pode ser o suficiente. No entanto, ao ter filhos, essa decisão já não fará mais tanto sentido. Afinal, tende a faltar espaço.

Portanto, pensar em como um imóvel é capaz de atender o seu projeto de vida é o melhor caminho para acertar na sua escolha.

Dessa forma, você pode até comprar um apartamento pequeno, mas torná-lo uma fonte de renda quando resolver aumentar a família.

2. Ter um planejamento financeiro

Arcar com despesas fixas e variáveis, além de construir uma reserva financeira, exige bastante planejamento.

Se em um orçamento regular já é assim, ao cogitar comprar o primeiro apartamento, é preciso redobrar os cuidados com o equilíbrio das contas.

Dessa maneira, com um bom planejamento de médio a longo prazo, você vai garantir a segurança necessária para quitar o seu imóvel.

E o melhor: mantendo o padrão de vida e garantindo muito bem-estar.

3. Analisar as formas de pagamento à disposição

Analise todas as formas de pagamento disponíveis antes de comprar seu novo apartamento.

Confira as taxas de juros — que devem acompanhar a média do mercado imobiliário da região — e a possibilidade de descontos em entradas acima de 30% do valor total do imóvel.

Além disso, descubra quais são as condições para financiar o restante, caso queira fazer o pagamento dessa forma.

Se o negócio for feito direto com a construtora, negocie bem. Com bancos e outras instituições financeiras, as possibilidades são um pouco mais restritas, mas possíveis.

4. Conferir a documentação necessária

Veja toda a documentação exigida para comprar o seu primeiro apartamento. O ideal é contar com o serviço de um advogado imobiliário para apoiar a sua oferta.

Em seguida, confira os principais documentos de uma negociação de compra de imóvel:

  • registro de ações reipersecutórias e alienações;
  • certidão negativa de ônus reais;
  • certidão negativa de impostos expedida pela prefeitura do município;
  • planta baixa;
  • alvará de utilização;
  • Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do engenheiro responsável pela obra;
  • cópia autenticada do IPTU do ano, acompanhada das faturas pagas até a data de compra;
  • certidão negativa de débitos condominiais;
  • cópia autenticada da escritura definitiva com registro;
  • averbação da construção junto ao registro de imóveis;
  • cópia do boleto com o registro de pagamento da taxa de cadastro e avaliação.

Primeiro apartamento

5. Pesquisar o mercado imobiliário para conhecer as opções

Estude quais são as alternativas disponíveis no padrão que você busca na cidade escolhida.

O mercado imobiliário de uma região se autorregula. Assim, trabalha com valores e condições parecidos, de acordo com cada modelo de imóvel.

Então, se a sua escolha é por um apartamento pequeno, com opções de lazer variadas e recursos tecnológicos de ponta, veja quais são as ofertas.

Isso vai ajudar você a identificar as melhores escolhas para o seu perfil.

6. Escolher a região ou o bairro

Cada região conta com características próprias, como padrão dos imóveis, perfil dos vizinhos, opções de serviços e lazer próximas, entre outras.

Portanto, durante as suas pesquisas, identifique aquelas que se encaixam com as suas necessidades e expectativas.

Já a escolha do bairro tende a ser ainda mais pessoal, pois cada pequena área dentro de uma cidade reserva suas vantagens.

Em um bairro pode haver serviços essenciais para o dia a dia, o seu local de trabalho ou o clube ao qual você deseja se associar.

Em outro, o ponto alto pode ser a grande oferta de opções de lazer, como restaurantes, parques e comércios.

Independentemente das suas preferências, analise ainda questões de infraestrutura, como asfaltamento, calçamento, iluminação, arborização, segurança, acessos etc.

7. Contar com a ajuda de um corretor de confiança

O corretor é o guia que vai conduzir você durante o processo de compra do seu primeiro apartamento. Portanto, ele precisa ser de sua confiança ou, no mínimo, de algum familiar ou amigo próximo.

Quanto mais essa relação for de proximidade, melhor para a observação do trabalho do profissional. Ele deve mapear a área pretendida e trazer as opções de imóveis que atendam ao seu perfil.

8. Dar preferência a um apartamento na planta

Sem dúvida, comprar um apartamento na planta tem suas vantagens.

Essa opção tem um custo mais baixo em relação a um imóvel pronto e garante uma boa valorização ao final da construção. Ou seja, é uma excelente escolha para quem deseja investir no médio prazo.

O apartamento na planta também permite a personalização. Em geral, quanto mais alto o padrão, maior a possibilidade de fazer escolhas.

9. Pesquisar sobre a construtora

Por fim, checar o histórico da construtora — seus projetos antigos e atuais — e a relação com os clientes é essencial.

Aliás, esse é um aspecto que merece atenção especial, pois evita dores de cabeça ao longo da construção e da entrega do imóvel.

Portanto, algumas dicas que valem a pena seguir nesse sentido são:

  • confira o site e as redes sociais da construtora;
  • veja se há reclamações sobre a empresa e, em caso positivo, como foram resolvidas;
  • identifique o perfil de imóvel no qual a construtora é especializada;
  • busque os projetos para a região pretendida;
  • visite a sede ou o decorado para conhecer de perto o perfil da companhia.

Com as dicas acima, certamente a compra do primeiro apartamento será um sucesso. Tudo como você espera, conforme o prometido pela construtora, vai entregar as chaves com muito orgulho. Depois, é só aproveitar o melhor do seu imóvel.

Aproveite também para acompanhar os nossos perfis nas redes sociais — Facebook, Instagram e YouTube — e saber mais sobre os nossos empreendimentos!

Categorias e Tags relacionadas