fbpx

Smart Home: que tal investir em um loft ou um duplex?

O conceito de Smart Home está em alta. Afinal, o uso da internet avançou muito nos últimos anos. Junte isso ao fato de que o trabalho remoto cresceu, o que fez com que as pessoas olhassem mais para seus lares. Então, temos o cenário perfeito para investir em uma casa inteligente.

Basicamente, em uma Smart Home, dispositivos e equipamentos estão conectados. Dessa maneira, é possível o controle fácil, por meio de um smartphone ou por comando de voz. Dá até para ligar, desligar e ajustar a distância.

Como essa é uma tecnologia que avança a passos largos, o custo cai cada vez mais. Sendo assim, você pode ter uma Smart Home sem gastar tanto. Inclusive, certos empreendimentos já contam com facilidades desse tipo.

Esse é o caso de alguns com apartamentos loft e duplex. Apesar de terem características diferentes, ambos os layouts podem oferecer mais conforto, segurança e praticidade ao se tornarem Smart Home. Entenda melhor a seguir!

Loft e Duplex: quais são as características de cada um?

Primeiramente, antes de entender como tornar seu imóvel uma Smart Home, é importante conferir as diferenças entre loft e duplex.

Assim, você escolhe aquele que melhor se adequa às suas necessidades e preferências. Confira nos tópicos em seguida.

Loft tem ambientes integrados para dar mais praticidade

Smart Home, loft

O loft é um apartamento que prioriza os ambientes integrados. Ou seja, não há tantas paredes separando quarto, sala e cozinha, por exemplo.

Outras características são o pé-direito alto, as janelas amplas e valorização de materiais rústicos, inclusive os de construção.

Portanto, é o tipo de imóvel ideal para quem preza pela praticidade. Também costuma ser a preferência de solteiros e casais.

Esse é um conceito de moradia que surgiu na década de 1960, nos Estados Unidos. No início, os lofts eram galpões de fábricas, vendidos ou alugados a baixo custo para as pessoas morarem.

Logo, esses espaços viraram queridinhos de jovens criativos. Eles transformaram os lofts da época em lugares agradáveis de viver, mantendo características do estilo industrial, como os tijolos à mostra.

Quando o loft tem um pé-direito bem alto, é possível criar um mezanino para ganhar mais espaço e privacidade. Nesse caso, a Smart Home também se torna uma espécie de duplex.

Dicas para escolher o loft ideal

Uma recomendação para quem vai comprar o primeiro apartamento e está atrás de um loft é ficar de olho em algumas facilidades.

Escolher um Smart Building certamente vai ajudar. Os prédios inteligentes costumam ter sistemas integrados para proporcionar mais segurança, sustentabilidade, eficiência e economia.

Outro ponto para se atentar são as áreas comuns. Como os lofts tendem a ser imóveis menores, é preciso otimizar os espaços. Por exemplo, uma lavanderia compartilhada pode fazer toda a diferença!

Duplex é apartamento amplo, com dois andares

Já o duplex é aquele tipo de apartamento com dois andares. Isso é bom para separar os ambientes sociais e íntimos.

Dá para ter cozinha, sala e lavabo embaixo, deixando os quartos para o piso de cima, por exemplo. Os andares podem ser interligados por meio de uma escada ou um elevador.

Assim, o apartamento fica bem parecido com uma casa de alto padrão, o que é ideal para famílias que precisam de espaço para manter a privacidade.

Um apartamento duplex oferece mais possibilidades de uso. Também há maior aproveitamento da planta e valorização na venda, entre outras vantagens.

Costumam ser imóveis com um toque inconfundível de sofisticação, geralmente localizados em bairros nobres.

Pontos para ficar de olho na compra de um duplex

Além de prestar atenção para saber se o duplex tem escada ou elevador, há outros pontos que você deve avaliar quando for comprar o seu apartamento.

Por exemplo, o pé-direito alto dá maior sensação de amplitude. Nesses casos, a tendência é que a parte aberta tenha janelas grandes, que proporcionam entrada de luz e vista privilegiada.

Muitos imóveis desse tipo ficam na cobertura. Às vezes, oferecem até mesmo varanda ou piscina, o que pode ser bem interessante para quem gosta da ideia de ter uma área de lazer privada.

Como transformar um loft ou duplex em Smart Home?

Embora sejam imóveis bem diferentes, que tendem a agradar perfis distintos, tanto um loft quanto um duplex podem se tornar uma Smart Home.

Para começar, fique de olho no que o prédio oferece. Sensores de ocupação, fechaduras digitais e armários inteligentes são só alguns exemplos.

No entanto, para além das áreas de uso comum, muitos empreendimentos já oferecem apartamentos dos tipos loft e duplex com tecnologias que os tornam verdadeiras Smart Homes.

Algumas soluções que ajudam a deixar uma casa mais inteligente são:

  • Lâmpadas inteligentes: permitem o controle a distância, o que facilita a vida de quem mora em um imóvel maior, como um duplex. Além disso, o sistema de iluminação pode ter configurações pré-determinadas, ajudando a mudar o mood do loft;
  • Câmeras de segurança: contam com detecção de movimento. Elas podem emitir alertas diretamente para o smartphone do morador, que pode ver as imagens capturadas;
  • Smart Plugs: servem para controlar equipamentos e eletrodomésticos a distância. Dessa maneira, dá para economizar energia ou até ligar um deles antes de chegar em casa para preparar o ambiente para uso;
  • Sistema de automação: permite controlar equipamentos por comando de voz e, assim, proporciona muito mais praticidade. É possível não só ligar e desligar um aparelho, como também escolher uma música para tocar, anotar a lista de compras ou fazer consultas na internet, por exemplo;
  • Sensores: impedem o acendimento de lâmpadas quando ainda houver luz natural. Dessa forma, evita-se o desperdício de energia elétrica;
  • Biometria: permite que somente pessoas cadastradas tenham acesso ao imóvel, deixando-o mais seguro.

Certamente, ter uma Smart Home é uma tendência que veio para ficar, seja em um apartamento loft, duplex ou padrão.

Conheça o nosso novo empreendimento, Icon. Inteligente, moderno e perfeito para quem ama tecnologia!

Acompanhe tudo nos nossos perfis: Instagram, Facebook e YouTube.

Categorias e Tags relacionadas